29 de dez de 2015

LIVROS - As Brumas de Avalon (Completo)

As Brumas de Avalon (em inglês: The Mists of Avalon) é uma obra de 1979 da escritora estadunidense Marion Zimmer Bradley feita em quatro volumes. É ambientada durante a vida do lendário Rei Arthur e seus cavaleiros e tem por escopo narrar a já conhecida lenda arturiana a partir de uma outra perspectiva. Quem protagoniza a história, nesta versão, são as personagens femininas, tais como Guinevere, Morgana e Morgause, o que acabou resultando na reelaboração de todo o universo mítico da trama.

Outros personagens são apresentados aqui como títulos, como a Senhora do Lago e o Merlin da Bretanha, que nessa versão deixam de ser personagens específicos para ser os títulos político-religiosos da matriarca e do patriarca dos celtas pagãos. (Mais no wikipedia - AQUI)

VOLUME ÚNICO - DOWNLOAD AQUI 

26 de dez de 2015

FILMES - Flor do Deserto LEGENDADO


Waris Dirie (Soraya Omar-Scego / Liya Kebede) nasceu em uma família de criadores de gado nômades, na Somália. Aos 13 anos, para fugir de um casamento arranjado, ela atravessou o deserto por dias até chegar em Mogadishu, capital do país. Seus parentes a enviaram para Londres, onde trabalhou como empregada na embaixada da Somália. Ela passa toda a adolescência sem ser alfabetizada. Quando vê a chance de retornar ao país, ela descobre que é ilegal da Somália e não tem mais para onde ir. 

Com a ajuda de Marylin (Sally Hawkins), uma descontraída vendedora, Waris consegue um abrigo. Ela passa a trabalhar em um restaurante fast food, onde é descoberta pelo famoso fotógrafo Terry Donaldson (Timothy Spall). Através da ambiciosa Lucinda (Juliet Stevenson), sua agente, Waris torna-se modelo. Só que, apesar da vida de sucesso, ela ainda sofre com as lembranças de um segredo de infância.

Filme baseado no livro da ex-modelo Waris Dirie.




24 de dez de 2015

VÍDEO - Anuário da Grande Mãe - Mirella Faur

Vídeo publicado de Samuel Souza de Paula por Consciência Próspera, do Xamasconet.



Como surgiu o Anuário da Grande Mãe? Como foi seu chamado interior? Qual a relação entre Maria Madalena e Jesus? Como as práticas do Sagrado Feminino podem contribuir nas questões de doenças do útero e mama?

Estas e outras questões serão respondidas por Mirella Faur (Romênia), é respeitada líder espiritual no movimento conhecido como o Ressurgimento do Sagrado Feminino, o retorno à Deusa. Por mais de 20 anos, criou e dirigiu Círculos de Mulheres na Chácara Remanso em Brasília, que se tornou um polo irradiador de energias de cura (um lugar sagrado), formadouro (nascedouro) de mulheres que se descobriram para a totalidade do seu ser, feminino e sagrado. Depois da sua mudança de Brasília, Mirella formou um amplo círculo sagrado feminino - Teia de Thea - que segue as mesmas atividades da Chácara Remanso, na sede da Unipaz D.F. com grupos de estudo, rituais públicos nos plenilúnios e nas datas da Roda do Ano e ritos de passagem. 

É autora dos livros "O Anuário da Grande Mãe – Rituais práticos para celebrar a Deusa", "O legado da Deusa – Ritos de passagem para mulheres", "Mistérios nórdicos – Mitos. Runas. Magias. Rituais", "Ragnarök. O Crepúsculo dos Deuses" e "Círculos sagrados para mulheres contemporâneas", bem como de diversos artigos em publicações nacionais e estrangeiras. Neste ano relança a nova edição ampliada do "Anuário da Grande Mãe" (Editora Alfabeto).


Tema: Anuário da Grande Mãe


19 de dez de 2015

FILMES - Persépolis (Legendado)


Persepolis é um filme francês de animação de 2007, baseado no romance gráfico autobiográfico homônimo de Marjane Satrapi. O filme foi escrito e dirigido por Satrapi e Vincent Paronnaud. Sua trama começa pouco antes da Revolução Iraniana, quando Marjane atinge a adolescência, e acaba quando ela é uma expatriada de 22 anos. 

O título é uma referência à cidade histórica de Persépolis.

Sinopse - Marjane Satrapi (Gabrielle Lopes) é uma garota iraniana de 8 anos, que sonha em se tornar uma profetisa para poder salvar o mundo. Querida pelos pais e adorada pela avó, Marjane acompanha os acontecimentos que levam à queda do xá em seu país, juntamente com seu regime brutal. Tem início a nova República Islâmica, que controla como as pessoas devem se vestir e agir. Isto faz com que Marjane seja obrigada a usar véu, o que a incentiva a se tornar uma revolucionária.

18 de dez de 2015

Música para conexão com as Deusas: Arquétipo da Anciã


No arquétipo da Anciã que, segundo Miranda Gray surge junto com a fase menstrual do nosso ciclo, nos sentimos mais reflexivas e introspectivas, podemos ter necessidade de recolhimento e conexão com nosso Ser interior.


Música: AH*NEE*MAH: This Sacred Land


Acompanhe, Participe, Curta:



17 de dez de 2015

Música para conexão com as Deusas: Arquétipo da Feiticeira

No arquétipo da Feiticeira que, segundo Miranda Gray surge junto com a fase pré-menstrual do nosso ciclo, nos sentimos mais criativas, prontas para nos desapegar e soltar sentimentos que já não nos servem mais, temos necessidade de transformação.

Música: Loreena Mckennitt - Santiago

Acompanhe, Participe, Curta:

16 de dez de 2015

Música para conexão com as Deusas: Arquétipo da Mãe

No arquétipo da Mãe que segundo Miranda Gray surge junto com a fase ovulatória do nosso ciclo menstrual, nos sentimos mais expressivas, amorosas, carinhosas, com o desejo de nos conectar com o outro e doar profundamente.

Música: Bill Douglas - Flow Gently Sweet Afton 

Acompanhe, Participe, Curta:

15 de dez de 2015

BMU (Benção Mundial do Útero) - Meditações e Informação de 2015

Estou muito contente que você pode se unir a nossa Bênção de Útero. Abaixo você acessa às meditações e informações para realizar antes, durante e depois da Bênção de Útero.

Pré-evento informação e meditação:> Introdução e pré-meditação Bênção pdf
A meditação Bênção e informações pós-evento e meditação:> Bênção de Útero pdf
Meditações adicionais
Fevereiro (Hemisfério Norte) /
Agosto (Hemisfério Sul)
> ‘Meditação de Renovação do Útero’
Maio (Hemisfério Norte) /
Outubro (Hemisfério Sul)
> Meditação “Aceitando nossa sexualidade”
Agosto (Hemisfério Norte) /
Fevereiro (Hemisfério Sul)
> Meditação para Abundância
Outubro (Hemisfério Norte) /
Maio (Hemisfério Sul)
> A Cura dos Antepassados Maternos.
Dezembro (Hemisfério Norte) /
Dezembro (Hemisfério Sul)
> Meditação “Círculo de Irmãs”

Para mais informações, consulte > Sobre a Bênção.
Precisa de ajuda? > Representantes País

Espero que gostem dos exercícios e da bênção. Por favor, compartilhe suas experiências em> www.facebook.com/worldwidewombblessing

Audio

> Meditação Bênção de Útero(MP3 2 MB)


BMU (Benção Mundial do Útero) - Sobre Miranda Gray

Miranda Gray é autora dos livros «Lua Vermelha  Compreensão utilização dos dons criativos, sexuais e espirituais do ciclo menstrual» e «A Mulher Optimizada  Utilização do ciclo menstrual para atingir sucesso e realização». 

«Lua Vermelha» está disponível em inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, croata e checo. 
«A Mulher Optimizada» está disponível em inglês, espanhol e italiano e, em
2012, também em checo. 

Miranda começou a escrever e a ensinar acerca do ciclo menstrual em 1985. 
Ela é autora, artista publicada, professora de um Master de Shantihi Reiki e facilitadora de workshops femininos. 

Ela oferece workshops da Lua Vermelha, um curso online de facilitadoras de workshops da Lua Vermelha, um curso online acerca de Sabedoria Feminina baseado «A Mulher Optimizada», workshops de Reiki da Deusa e workshops de Bênção do Útero para facilitadoras.  Miranda adora viajar e ensinar!


BMU (Benção Mundial do Útero) - Meditação Círculo de Irmãs (22/dez/2015)



Meditação “Círculo de Irmãs” 


A meditação “Círculo de Irmãs” utiliza uma corda  uma corda atada com tiras e fitas de tecido, cada uma representando uma oração dedicada ao círculo de mulheres pelo mundo fora, uma oração às nossas irmãs na família Bênção do Útero, e uma oração para nós próprias. As extremidades da corda estão ligadas fazendo um círculo que representa o círculo mundial das irmãs. Você pode então
utilizar a sua corda-oração para decorar um altar ou um espaço sagrado.

A corda-oração representa o círculo do caminho das estrelas, 
o círculo de toda a vida, o círculo da Lua e o círculo das mulheres.

Esta meditação pode ser feita quantas vezes quiser: por conta própria na Lua 
Cheia, em grupos de mulheres ou em círculos de mulheres, em tendas vermelhas, e depois de um Bênção do Útero Mundial.

Para a meditação, irá precisar de:

 Um segmento de corda - Pode ser de qualquer cor. Se estiver a fazer a meditação sozinha, tenha a corda longa o suficiente para criar um círculo no seu altar. Se estiver facilitando um grupo, então irá necessitar de um pedaço de corda mais longo, pois haverá três tiras de pano ou fita amarrada à corda de cada mulher que toma parte.

 Três tiras de fita ou tecido cerca de 30 - 50 centímetros de comprimento. Escolha as cores ou padrões que ressonam com o seu coração.

 Um pano para enrolar a sua corda-oração após a meditação.

 Uma folha com a meditação impressa.


Fazendo a meditação consigo própria.

Antes do dia da Bênção do Útero você poderá de gostar de pintar ou decorar as suas tiras de tecido ou fita.

No dia da Bênção do Útero, esfume as suas fitas, corda e pano para enrolar, usando uma trouxa de salvia, ou passando os itens através do fumo de um incenso. Escolha um incenso com cheiro de limpeza e espiritualidade.

• No seu tempo escolhido faça a meditação Bênção do Útero
• Depois faça a "Partilha da Meditação" por cerca de 10-15 minutos.
• Em seguida, coloque as suas três fitas e da corda-oração à sua frente

‘Meditação do Círculo de Irmãs:
Traga a sua consciência para a sua Árvore do Útero.

Sinta, saiba, ou visualize uma lua cheia acima de si, banhando-a na bela luz branco-prateada. 

Coloque as mãos sobre as suas fitas dizendo
"Ofereço estas orações para todas as mulheres para o Divino Bem Maior, e de acordo com Amor Divino."

Amarre a sua primeira fita à corda-oração: 
"Eu peço para que todas as mulheres... despertem para a sua verdadeira natureza feminina e para a presença do Divino Feminino. "

Coloque a sua mão na fita. 
Sinta ou saiba que no fundo do seu cérebro brilha uma linda estrela branca que irradia paz e consciencialização para o mundo.

Amarre sua segunda fita à corda-oração: 
"Eu peço para que todas as minhas irmãs da família Bênção do Útero... 
experimentem a presença amorosa do Feminino Divino nos seus corações. "

Coloque a sua mão na fita.
Sinta ou saiba que o seu coração se enche de luz rosa e irradia amor para todo o mundo.

Amarre sua terceira fita para a corda-oração: 
"Eu peço para mim ... que o meu centro uterino se abra e se encha com a presença curativa do Feminino Divino. "

Coloque a sua mão na fita. 
Sinta ou saiba que o seu útero se enche de força e vida, sensualidade e plenitude.

Para encerrar a meditação: 
Quando terminar de amarrar as suas fitas segure as duas extremidades da corda entre as suas mãos e amarre-as juntas:
"Eu peço ao Feminino Divino, através do seu amor, para restabelecer o círculo de mulheres nas mentes, corações e ventres de todas as mulheres."

Segure a corda nas suas mãos com amor.
Coloque a corda no seu altar.

Termine a sua Bênção do Útero bebendo a água da Taça do Ventre e tenha algo bom para comer. Sorria!

Quando estiver pronta para arrumar, enrole a corda-oração no pano e mantenha-a num lugar seguro para a sua próxima meditação.

Facilitar a meditação em grupo

Peça a cada mulher para trazer três tiras de tecido ou fitas. 
Você pode pedir às mulheres para chegar uma hora antes da Bênção do Útero e facilitar um mini workshop para que elas criem as suas fitas decorá-las com tintas de tecido, pérolas, etc.

Forneça a cada mulher uma cópia das orações para que elas possam ler as palavras enquanto amarram as suas fitas.

Mais de uma mulher pode amarrar as suas fitas ao mesmo tempo. Se tiver um grupo grande, tenha duas mulheres a segurar a corda entre elas a uma certa distância e permita que três ou quatro mulheres para amarrem as suas fitas ao mesmo tempo.

As fitas podem ser amarradas umas sobre as outras - isso faz uma bela, grossa e colorida corda-oração.

Adicione mais corda se precisar e tenha uma corda-oração longa o suficiente para cercar o grupo, criando um espaço sagrado dentro do Círculo das Irmãs.

 medida que trabalha com a corda-oração, ela cresce em tamanho e energia
e torna-se uma bela maneira de criar e definir um espaço sagrado feminino".