1 de fev de 2016

01 DE FEVEREIRO - Celebração do Dia

Brigid por Thalia Took
Celebração da deusa tríplice celta Brighid ou Bridhe, a deusa do fogo criador e da inspiração, senhora das artes, da poesia, da cura, das profecias e da magia. 

É uma data importante no calendário celta, um dos oito Sabbats do ano, originariamente chamado de Imbolc ou Candlemase, posteriormente, cristianizado como Candelária - a festa de purificação de Maria.

Atualmente, na Irlanda, as donas-de-casa reúnem-se para festejar o Dia das Mulheres, presenteando-se e compartilhando de grandes almoços, com muita alegria e algazarra.


Na Grécia Antiga, começavam neste dia os Mistérios Eleusínios Menores, celebrando o retorno da deusa Perséfone do mundo subterrâneo. Homenageava-se também a deusa Héstia, limpando ou renovando-se as lareiras, reacendendo a chama sagrada e pedindo sua benção para as famílias e os lares.

Na Polônia, antigamente, celebrava-se a deusa Percune Tete, "A Mãe dos Trovões", cristianizada como Nossa Senhora de Gromniczna e festejada com procissões de velas.

Data importante na Tradição Wicca, dedicada às iniciações dos novos adeptos.

Ritual do Dia:

Celebre esta data acendendo uma vela dourada ou laranja, pedindo a Brighid de desperte ou reavive seu fogo interior, abrindo seu coração para que ela entre. Diga: "Venha, Brighid, faça do meu coração sua morada". Medite sobre aqueles aspectos de sua vida que precisam de renovação ou sobre novos projetos e compromissos. Ofereça à Deusa os frutos de seu trabalho: pode ser um poema, uma canção, uma escultura ou pintura. E lembre-se sempre de invocar Brighid antes de iniciar qualquer atividade criativa, artística, ritual com fogo ou consulta aos oráculos.   

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário