26 de fev de 2016

26 DE FEVEREIRO - Celebração do Dia

Hygéia por Gustav Klimt
Dia de Hygéia, deusa dedicada à cura e à prevenção das doenças. 

Originariamente uma deusa do norte da Africa, Hygéia foi, posteriormente, adotada pelos romanos. Era representada como uma mulher robusta, madura, tendo uma serpente enrolada a seus pés.


Hygéia era um dos títulos da deusa Rhea Corônis, designando um de seus fartos seios. 
O outro seio era chamado de Panacéia, resumindo as qualidades desta Deusa. Posteriormente, os mitos patriarcais transformaram 
Hygéia e Panacéia nas filhas de Esculápio, o deus da cura.

Ritual do Dia:
Aproveite a data e faça uma reavaliação de seu estado de saúde e de seus hábitos alimentares, mentais e emocionais. Assuma um compromisso para cuidar melhor de seu corpo e comece já aquela dieta, exercício físico ou terapia, sem se desculpar ou adiar mais.

Um encantamento antigo nos ensina como nos livrarmos de algum mal específico. Escreva o nome da doença (ou descreva seus sintomas) em um papel verde. Dobre-o várias vezes e enterre-o sob uma planta, pedindo à Mãe Terra que livre você de todo o mal. Se a planta morrer, coloque outra em seu lugar e agradeça-lhe pelo serviço prestado.

Na tradição Wicca, a noite deste dia é chamada de "A Noite do Pentagrama". Para reafirmar sua conexão ou dedicação à Antiga Tradição, coloque um pouco de cinzas (recolhidas da fogueira de Yule) em seu caldeirão. Invoque a Deusa e trace, com seu dedo indicador coberto com as cinzas, o simbolo do pentagrama sobre seu coração assim que o relógio marcar meia-noite. Na falta das cinzas de Yule, recolha as cinzas de ervas sagradas queimadas em seu caldeirão, como sálvia, lavanda, manjericão ou cedro.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário