12 de abr de 2016

15 filmes para quem gosta de Psicologia e Educação

Fonte: http://www.pedagogiaparaconcurseiros.com.br/2016/03/05/filmes-psicologia-educacao/

15 filmes para quem gosta de Psicologia e Educação
Os filmes podem revelar histórias curiosas, assustadoras ou mesmo surpreendentes. Por isso, entre desvios de personalidade, transtornos, síndromes e temas diversos, selecionamos 15 filmes que exploram os limites da psicologia, tendo em vista o seu impacto na educação escolar. Agora é só organizar uma sessão de filmes com direito a pipoca e se divertir.
1. ADAM (2009) ASSUNTO: Síndrome de Asperger
SINOPSE: Adam, um rapaz com síndrome de asperger, é apaixonado por astronomia, e passa a morar sozinho após a morte do pai. Tem um único amigo para apoiá-lo, Harlan. O filme trata do seu relacionamento com uma nova vizinha, a professora Beth. Foi escrito e dirigido por Max Mayer, que teve a ideia quando ouviu uma entrevista de um homem que sofria da doença. Foi premiado no Sundance Film Festival e no Method Fest Independent Film Festival do ano seguinte.
2.A MENINA NO PAIS DAS MARAVILHAS (2008) ASSUNTO: Síndrome de Tourette ou doença de Gilles de la Tourette, Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)
SINOPSE: Phoebe Lichten (Elle Fanning) sonha em participar da peça “Alice no País das Maravilhas”, que será encenada na sua escola, mas é sempre rejeitada pelos colegas de classe. Isto faz com que seu comportamento piore cada vez mais, preocupando seus pais, Hillary (Felicity Huffman) e Peter (Bill Pullman). Eles tentam ajudar a filha, mas Phoebe prefere se esconder em suas fantasias. Aos poucos, ela passa a confundir a realidade com seus sonhos.
3. COMO ESTRELAS NA TERRA-SOMOS TODOS DIFERENTES (2007) ASSUNTO: Dislexia
SINOPSE: O filme “Somos todos diferentes” conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção. Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Após serem chamados na escola para falar com a diretora, o pai do garoto decide levá-lo a um internato, sem que a mãe possa dar opinião alguma. Tal atitude só faz regredir em Ishaan a vontade de aprender e de ser uma criança. Ele visivelmente entra em depressão, sentindo falta da mãe, do irmão mais velho, da vida… e a filosofia do internato é a de disciplinar cavalos selvagens. Inesperadamente, um professor substituto de artes entra em cena e logo percebe que algo de errado estava pairando sobre Ishaan. Não demorou para que o diagnóstico de dislexia ficasse claro para ele, o que o leva a pôr em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido sua réstia de luz e vontade de viver.
4.DIVERTIDA MENTE (2015) ASSUNTOS: Emoções, depressão, apatia.
SINOPSE: Crescer pode ser uma jornada turbulenta, e com Riley não é diferente. Ela é retirada de sua vida no meio-oeste americano quando seu pai arruma um novo emprego em São Francisco. Como todos nós, Riley é guiada pelas emoções – Alegria (Amy Poehler), Medo (Bill Hader), Raiva (Lewis Black), Nojinho (Mindy Kaling) e Tristeza (Phyllis Smith). As emoções vivem no centro de controle dentro da mente de Riley, onde a ajudam com conselhos em sua vida cotidiana. Conforme Riley e suas emoções se esforçam para se adaptar à nova vida em São Francisco, começa uma agitação no centro de controle. Embora Alegria, a principal e mais importante emoção de Riley, tente se manter positiva, as emoções entram em conflito sobre qual a melhor maneira de viver em uma nova cidade, casa e escola.
5.GÊNIO INDOMÁVEL – 1997 ASSUNTO: Altas habilidades/superdotação
SINOPSE: Em Boston, um jovem de 20 anos (Matt Damon) que já teve algumas passagens pela polícia e é servente de uma universidade, revela-se um gênio em matemática e, por determinação legal, precisa fazer terapia, mas nada funciona, pois ele debocha de todos os analistas, até se identificar com um deles.
6. MEU NOME É RADIO (2003) ASSUNTO: Deficiência mental, intelectual, inclusão
SINOPSE: Filme inspirado em fatos reais, ocorrido em 1976 na cidade de Anderson, Carolina do Sul, sobre o treinador de futebol americano do Instituto T.L. Hanna, Harold Jones (Ed Harris), e um jovem com deficiência mental, James Robert Kennedy, conhecido pelo nome Radio, interpretado por Cuba Gooding J.
7. NÃO SOU EU, EU JURO! (2008) ASSUNTO: Formação da personalidade, comportamentos agressivos, problemática familiar, psicoses e impulsos infantis ao suicídio
SINOPSE: Léon Doré (Antoine L’Écuyer) tem dez anos de idade, muitos problemas e uma imaginação extremamente fértil. Seus pais vivem brigando e seus irritantes vizinhos sempre passam o verão na praia. Há ainda Léa (Catherine Faucher), a dona da razão. No verão de 1968 a mãe de Léon pede o divórcio e decide começar uma nova vida na Grécia. Desolado, o menino faz de tudo para esquecer a dor: bagunça a casa dos vizinhos, mente a todo momento, ignora as aulas e se apaixona.
8.O AVIADOR  (2004) ASSUNTO: Transtorno Obsessivo Compulsivo (Toc)
SINOPSE: O Aviador conta a historia de Howard Hughes (Leonardo DiCaprio), um homem apaixonado por aviões e cinema, que ao longo de sua carreira, tenta juntar as duas paixões. Ele herdou aos 18 anos uma grande herança de seu pai, que foi investida em seu sonho: fazer filmes com aviões desenhados por ele mesmo. O filme mostra a vida de Hughes a partir dos anos de 1920 até 1940. Fascinadopor mulheres, tem alguns relacionamentos durante o filme. Além disso, mostra um problema que Howard possui que o leva a se isolar, o “toc”.
9. PELOS OLHOS DE MAISIE (2012) ASSUNTO: Separação, alienação parental.
SINOPSE: Em meio ao conturbado divórcio dos pais, Maisie (Onata Aprile), uma garotinha de sete anos, tenta entender o que se passa. De um lado a mãe, Susanna (Julianne Moore), uma estrela do rock. Do outro o pai, Beale (Steve Coogan), um influente galerista. Unindo os dois, a menina, que logo descobre um novo significado para a palavra “família”.
10. PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN(2012) ASSUNTO: Psicopatia infantil
SINOPSE: Eva (Tilda Swinton) mora sozinha e teve sua casa e carro pintados de vermelho. Maltratada nas ruas, ela tenta recomeçar a vida com um novo emprego e vive temorosa, evitando as pessoas. O motivo desta situação vem de seu passado, da época em que era casada com Franklin (John C. Reilly), com quem teve dois filhos: Kevin (Jasper Newell/Ezra Miller) e Lucy (Ursula Parker). Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, desde quando ele era bebê. Com o tempo a situação foi se agravando mas, mesmo conhecendo o filho muito bem, Eva jamais imaginaria do que ele seria capaz de fazer.
11. QUASE UM SEGREDO-MEAN CREEK (2004) ASSUNTO: Bullying
SINOPSE: Sam (Rory Culkin) e Rocky (Trevor Morgan) são irmãos e vivem em uma pequena cidade do Oregon, nos Estados Unidos. Volta e meia Sam é atacado por George (Josh Peck), o valentão da escola. Um dia os irmãos armam um plano para se vingar dele, levando-o em um passeio de barco juntamente com dois amigos de Rocky e a namorada de Sam. A idéia é que ao fim do passeio George seja humilhado pelos irmãos, mas a situação foge completamente do controle dos garotos.
12. SEI QUE VOU TE AMAR (2008) ASSUNTO: Autismo e Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)
SINOPSE: Thomas Mollison é um jovem de 16 anos que quer apenas ter uma vida normal. Seu irmão mais velho, Charlie, tem autismo e TDAH e o funcionamento de toda sua família gira em torno de lhe oferecer um ambiente de vida seguro. Ao se mudar para uma nova casa e uma nova escola, Thomas conhece Jackie Masters e começa a se apaixonar por ela. Quando sua mãe fica confinada na cama devido à gravidez, Thomas então deve assumir a responsabilidade de cuidar de seu irmão, o que pode custar a sua relação com Jackie, especialmente quando isso desencadeia um violento confronto na família em sua festa de aniversário.
13. TEMPLE GRANDIN (2010) ASSUNTO: Autismo
SINOPSE: Cinebiografia da jovem autista Temple Grandin (Claire Danes) que tinha sua maneira particular de ver o mundo, se distanciou dos humanos, mas chegou a conseguir, entre outras conquistas, defender seu doutorado. Com uma percepção de vida totalmente diferenciada, dedicou-se aos animais e revolucionou os métodos de manejo do gado com técnicas que surpreenderam experientes criadores e ajudaram a indústria da pecuária americana.
14.TOMBOY (2011)  ASSUNTO: Questões de Gênero
SINOPSE: “Tomboy” é a denominação dada para meninas que gostam de agir como meninos. No filme da diretora Céline Sciamma (Lírios D’Água), Laure é uma menina de dez anos, que muda de casa constantemente, em decorrência do trabalho do pai. Ao ir para uma nova residência ainda nas férias, ela faz amizade com uma grande turma de garotos da vizinhança, mas se apresenta como Mikael. Isso faz com que ela se aproxime de Lisa, a única menina do grupo. Não demora até que Lisa caia em amores por Mikael, mas as férias estão para acabar e Laure não sabe como fará para manter seu segredo.
15. UMA MENTE BRILHANTE  (2001) ASSUNTO: Esquizofrenia
SINOPSE: Uma Mente Brilhante é baseado no livro A Beautiful Mind: A Biography of John Forbes Nash Jr., de Sylvia Nasar. O filme conta a história real de John Nash que, aos 21 anos, formulou um teorema que provou sua genialidade. Brilhante, Nash chegou a ganhar o Prêmio Nobel. Diagnosticado como esquizofrênico pelos médicos, Nash enfrentou batalhas em sua vida pessoal, lutando até o fim de sua vida.
 Sites pesquisados: Adoro Cinema, Interfilmes

Nenhum comentário:

Postar um comentário