18 de abr de 2016

18 DE ABRIL - Celebração do Dia

Ártemis por Thalia Took
Rava Navami, festival hindu consagrado ao deus Rama e à deusa Sita. Neste dia, durante um ritual, a terra era arada pelo rei ou chefe da comunidade, invocando as bênçãos das divindades para as colheitas.

Segundo a lenda, a deusa Lakshmi encarnou como uma moça, Sita, para poder casar-se com Rama, herói que era a encarnação do deus Vishnu. A missão de Sita, que nasceu da terra quando foi arada, era assegurar a destruição de Ravena, rei demoníaco vencido por Rama.

Celebração da Donzela das Bananas, equivalente indonésia de Sita, reverenciada como deusa da vegetação e do plantio e de Hainuwele, a Mãe das Palmeiras, a deusa da abundância e da colheita.

Thargelia, festival grego de purificação dedicado ao deus solar Apolo, à deusa lunar Ártemis e às Horas, as deusas das estações.Eram feitas oferendas de frutos e produtos da terra, agradecendo com cânticos e orações as dádivas dos deuses, pedindo suas bênçãos para a colheita.

Durante as cerimonias de Thargelia, todas as crianças, menos as órfãs, levavam galhos de oliveira, enfeitados com fitas brancas e vermelhas, figos, nozes, doces e vasilhas com vinho aos santuários. Dois homens adornados com colares de figos brancos encenavam um ritual de expulsão do mal, chamado Pharmakos, lutando com outros dois homens, escolhidos entre os prisioneiros e enfeitados com figos pretos. Os vencidos, considerados os "bodes expiatórios", eram chicoteados com galhos de espinhos e urtigas. Depois de alimentados com bolos de cevada, figos e queijos, eles eram expulsos da cidade, levando consigo os pecados e as mazelas da comunidade.


*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário