2 de abr de 2016

Útero e coração conectados por um meridiano

Fontehttp://www.portaldivina.com/#!%C3%9Atero-e-cora%C3%A7%C3%A3o-conectados-por-um-meridiano/c193z/552ea7000cf213f724542752

Partilho este artigo interessante sobre a conexão entre o útero e o coração. Escrito por Myriam e postado em seu blog: www.escuelademujeres.es

Você sabia que o seu útero e seu coração estão ligados por um meridiano? De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa existe um meridiano específico que liga o segundo e o quarto chakra.

Sempre foi conhecido que a sexualidade das mulheres está intimamente ligada ao coração, mas o mais incrível é que há um meridiano determinado para isto.

Quando você conseguir acender o fogo do seu centro criativo e enviá-lo para o coração, estará em contato com sua INFINITA força vital e será capaz de fazer o que você se propõe.
Então você vai se conectar com a alegria de estar viva, com a incrível força que está sempre disponível para você, seus projetos, seus filhos, para seu próprio processo, para a sua arte, para a sua casa ... para o que você quiser!. Pouco te serviria isto se você não pudesse expressar em sua vida diária.

"O fogo da casa" é o fogo que precisa estar vivo em seu segundo centro, em seu útero, que é a sua casa. Quando o fogo se apaga nos sentimos apáticas, sem forças, ... e secas, muito secas.

Seu caldeirão necessita fogo para alquimizar, para transformar.

Lembre-se que o útero é o laboratório de sonhos. O segundo centro é onde reside a energia criativa. Assim que é formada sua vida. E o coração é a expansão, o dar e receber amor em todas as suas formas.

Para as mulheres, é vital trabalhar estes dois centros do útero - coração para fortalecer esse vínculo e permitir que flua livremente, conscientes dessa conexão.

"Para que a mulher possa acessar a energia do seu coração, ela deve primeiro curar o seu ventre"

Essa energia ancestral feminina que sentimos danificada ... foi "ferida" a partir da energia Masculina ... a energia masculina do sexo masculino e também a energia masculino presente em nós mesmas. Nós permitimos e concordamos com este "dano" sempre que somos autoritárias, mandonas, ou reagimos violentamente, quando somos agressivas, sempre que somos competitivas, e nos concentramos no material, sempre que somos muito analíticas ou racionais ... esquecendo o tesouro da intuição.

Toda vez que nos tornamos estruturadas ... impacientes, intolerantes ... ou se preocupando muito ... Nós estamos prejudicando nossa energia feminina e fazendo "mau uso" a nossa energia Masculina ...

Temos de curar nosso útero ... libertando a nossa dor ... mas também o ressentimento que temos vindo a abrigar ... o ressentimento em relação a energia Masculina, porque só o equilíbrio entre as duas partes ... nos permite criar.

É hora de gestar-nos ... Para dar-nos a luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário