5 de mai de 2016

MANDALA DA LUA

Receba seu calendário clicando aqui: http://www.danzamedicina.net/mandala-da-lua

{REPOST} Texto de Morena Cardoso do site DanzaMedicina (com permissão para publicar) Fonte: http://www.danzamedicina.net/mandala-da-lua

Introdução:

A Mandala da Lua é um mapeamento que conecta e contextualiza o ciclo lunar e o seu ciclo menstrual pessoal, para que você possa compreender e se conscientizar dos padrões de cada fase de seu ciclo. Após 3 meses de mapeamento da lua (ou mais, caso os padrões ainda não estejam muito claros), você começará a perceber padrões de seu ciclo que talvez você nunca esteve ciente; padrões que lhe informam sobre como fluir em seu ciclo mensal pessoal. 

Inicialmente, este é um exercício de você se conhecer, e conhecer como a energia de cada fase do ciclo te afeta; entrando em contato com as vibrações de cada fase lunar e de como você responde a cada uma elas. Neste auto estudo, você irá compreender a partir de sua experiência pessoal, o que o seu ciclo diz sobre você e sobre o momento que você está vivendo. Isso significa que não existe um ciclo melhor do que o outro; aqui, ficamos como o que se é para podermos nos descobrir, entrar em contato com o nosso ser interno através das manifestações de nosso corpo físico. A Lua em que menstruamos, a lua em que ovulamos, dizem muito sobre quais os aspectos de nós estamos nutrindo, limpando ou curando, no dado momento e ouvir essa sabedoria ancestral parte da subjetividade, da entrega, da observação da lua, da conexão com o seu útero, com seu corpo físico, emoções e pensamentos. Conheça-te a ti mesma, através da guiança de nossa Avó Lua. 

Então, vamos começar?

Como utilizar a Mandala da Lua:
1) Há 29 luas em cada gráfico. Eles foram coloridos de preto para ilustrar as fases de um ciclo lunar. A lua preta representa a lua nova. A lua branca representa a lua cheia. 

2) Para começar o seu mapeamento, você precisa saber que a fase da lua é o Dia 01 do seu ciclo. O dia 01 de seu ciclo é o dia em que você começa a sangrar. Para saber qual fase da lua está no dia 01, você precisa checar a data em que começou a sangrar no anexo do Calendário Lunar (por exemplo, se você começou a sangrar no dia 04 de Janeiro de 2016, então olhe o calendário lunar e descubra qual o dia e qual a fase da lua estava naquele dia:, terceiro dia de Lua Minguante). Depois de ter este ponto de referência, você pode começar a anotar os dados na Mandala da Lua. Os dias (1,2,3 etc) e as datas correspondentes de seu ciclo (04 de janeiro, 05 de Janeiro, 06 de Janeiro, etc) ; de acordo com as imagens da lua mostradas na Mandala.

3) Os dias do seu ciclo são registrados na área intitulada "Dia".

4) As datas correspondentes de seu ciclo da lua são escritos na área intitulada "Data".

5) A área intitulada "Físico" é onde você deve documentar as mudanças que acontecem em seu corpo- por exemplo, aumento dos seios, muco na vagina, cansaço físico, cólicas, disposição, vitalidade, falta ou excesso de sono, etc. 

6) A área intitulada "Emocional" é onde você deve documentar as mudanças que acontecem em seu ser a nível emocional- irritabilidade, extroversão, introversão, receptividade, passividade, determinação, euforia, criatividade, protetora, carinhosa, etc.

Você pode complementar também com informações como: sonhos, como você se veste, quais os tipos de programa você faz ou sente vontade de fazer, seu nível de sexualidade(que não tem a ver com a quantidade de relações mas com o padrão de energia), quais alimentos você sente desejo ou aversão, a qualidade de seu sono, etc.   

7) O espaço ao lado da lua, você pode colorir de vermelho nos dias da menstruação e de alguma cor específica para fazer referência aos possíveis dias férteis. Para encontrar o dia fértil, conte a quantidade de dias de seu ciclo completo, do primeiro dia de menstruação ao ultimo dia antes de começar novamente a sangrar. Divida em dois: este é considerado seu pico fértil. Para controle de fertilidade, considere três-quatro dias antes e depois desta data). O controle de fertilidade aqui não acontece linearmente, apenas baseado nas datas, mas sim pela conscientização das características e padrões físicas/emocionais encontrados durante o ciclo(ou seja, através de autoestudo, observação e consciência de seus próprio padrões). 

8) Perceba que nossa Mandala da Lua não está pronta; você quem irá consolidar este material através de suas informações e através de sua arte! As ilustrações em torno da Moondala, são um convite para que você expresse seu universo interno e se envolva mais subjetivamente; em forma de cores e criações.

Dicas de Mapeamento:
* Consistência é a chave: Para criar um hábito diário de anotações, é recomendado que você mantenha sua Mandala da Lua em um lugar de fácil acesso, como a sua mesa de cabeceira por exemplo.
 * Faça valer a pena: Tente criar em sua mente o contexto de que este tempo que você está alimentando sua Mandala, é um momento para refletir, para se observar; é um ato de carinho, cuidado e amor-próprio. Um ritual de reconexão com você mesma. 
* Consolidar: Você pode também anotar uma visão geral de 2-4 dias, se a sua experiência ao longo destes dias é relativamente semelhante. Isto irá facilitar encontrar o padrão de cada fase após os três meses de anotações. 

MANDALA DA LUA
CALENDÁRIO LUNAR 20

Não cobramos valor fixo pela distribuição da Mandala da Lua, mas incentivamos contribuições conscientes e espontâneas como retribuição por nosso cuidado, carinho, tempo e dedicação a este serviço! Caso você esteja junto com a gente neste fluxo de abundância e compartilhamento, sua retribuição será muito bem vinda! Com gratidão, Morena Cardoso e Bárbara Blauth.
~ Good Karma Collective. DanzaMedicina ~

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário