9 de jul de 2016

DOCUMENTÁRIOS - Criando Raízes: A Visão de Wangari Maathai

“Somos chamados a curar a terra, a curar suas feridas e no processo curar a nós mesmos” Wangari Maathai.
‘Criando Raízes: A Visão de Wangari Maathai’ é um obra que conta a história dramática da ganhadora do Premio Nobel, de origem queniana, Wangari Maathai, cujo exemplo de plantar árvores se transformou no Movimento do Cinturão Verde, uma campanha nacional de proteção ambiental, dos direitos humanos e da defesa da democracia. O filme mostra a luta corajosa de Maathai durante 30 anos contra o desmatamento, a pobreza e a repressão política.”
Assista o documentário completo:

Conheça mais sobre essa grande mulher, Wangari Maathai:
20111102_105748
“Há 75 anos nascia a professora Wangari Muta Maatahi, ativista política do meio ambiente do Quênia e primeira mulher africana a receber o Prêmio Nobel da Paz.
Em1964, torna-se a primeira mulher da África Oriental a obter bacharelado em biologia, no Kansas. Dois anos depois obtém o mestrado em biologia pela Universidade de Pittsburgh e, em seguida, trabalha como pesquisadora em medicina veterinária na Alemanha. Em 1971, termina o doutorado em anatomia na Universidade de Nairóbi.
Wangari Maatahi foi a primeira mulher na África Oriental e Central a receber o grau de doutora naquela universidade, onde também se tornou professora de anatomia veterinária. Em 2002, nas primeiras eleições livres do seu país, foi eleita membro do Parlamento. 
Além de acadêmica, Wangari Maathai ficou conhecida no mundo pela luta na conservação das florestas e do meio ambiente. Fundou o movimento do Cinturão Verde Pan-africano, no Quênia, responsável pelo plantio de 30 milhões de árvores. Em 2004, ganhou o Nobel da Paz. 
Cinco anos após receber o Nobel, Wangari Maathai tornou-se Mensageira da Paz das Nações Unidas, a convite do secretário-geral, Ban Ki-moon. 
Wangari Maathai, morreu de câncer, aos 71 anos, em Nairóbi. “

http://www.anacastilhos.com.br/documentario-criando-raizes-a-visao-de-wangari-maathai/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário