16 de ago de 2016

16 DE AGOSTO - Celebração do Dia

Celebração eslava de Zorya ou Zarya, a deusa tríplice das estrelas. Às vezes, Zorya pode ser descrita como três irmãs: Zorya Utrennyaya, a deusa da estrela matutina; Zorya Vechernyaya, a deusa da estrela vespertina e Zorya, a deusa da meia-noite. Elas são as guardiãs do mundo e cuidam para que o cão preso à constelação de Ursa Menor não quebre sua corrente, o que poderia acabar com o mundo. As Zoryas também têm seu aspecto guerreiro, como Amazonas, protegendo seus afilhados, escondendo-os no campo de batalha com um espesso véu de neblina.

Na antiga Ibéria celebrava-se Belisama, a rainha do céu, deusa da arte de viver e companheira do deus Lugh. Ao seu redor, tudo se converte em riqueza e alegria, pois ela é a grande transformadora da realidade e criadora das mudanças magicas.

Ritual do Dia:
Comemoração romana para Vesta, a guardiã da chama sagrada e protetora do lar e da família. Para homenageá-la, queime ervas sagradas e acenda seis velas vermelhas, pedindo-lhe que abençoe sua casa e seus familiares.

Chung Ch'iu, o festival chinês da colheita em comemoração à deusa lunar Chang-O.

Dia da primeira Convergencia Harmônica Mundial, em 1987, com meditações e orações em vários países em beneficio da Terra e da paz.


*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário