4 de out de 2016

04 DE OUTUBRO - Celebração do Dia

Celebração da antiga deusa celta Boann, a "Senhora das Vacas Brancas", padroeira do rio Boyne, na Irlanda e protetora das artes, da inspiração e da fertilidade. 

Segundo a lenda, havia uma fonte mágica na cabeceira do Rio Boyne, onde cresciam nove aveleiras encantadas, cujos frutos conferiam o dom do conhecimento. As avelãs maduras caíam no rio, onde eram comidas pelo salmão, a mais sábia entre todas as criaturas da mitologia celta. Todas as deusas eram proibidas de se aproximar da fonte, mas Boann tentou chegar perto. O rio enfurecido saiu do seu leito, ameaçando afogar Boann. Ela se salvou, e o rio não pode voltar atrás, levando, assim, os dons de sabedoria a todas as pessoas.


Ceres por Thalia Took
Celebração de Mylitta, a deusa fenícia da Lua e do amor, padroeira da sexualidade, da fertilidade e dos nascimentos. Mylitta combinava a essência da água da chuva com a força do fogo celeste, produzindo a energia vital e sexual.

Dia de Santa Clara, na Itália.

Dia Mundial dos Animais, dedicado a São Francisco de Assis.

Em Roma, Jejunium Cereris, dia de jejum dedicado à deusa Ceres, a Mãe dos Cereais, guardiã da agricultura e dos frutos da terra.

Festa do Alce dos índios norte-americanos, celebrando as Mães dos Cervos ("Deer Mothers"), deusas protetoras dos animais selvagens.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário