7 de out de 2016

07 DE OUTUBRO - Celebração do Dia

Athena por Thalia Took
Festa da deusa Pallas Athena, homenageada como padroeira da cidade de Atenas

Posteriormente, essa celebração foi modificada, passando a ser dedicada à deusa Victoria, equivalente romana de Nike, a deusa grega da vitórias. 

Com a cristianização, Victoria foi transformada em Santa Vitória ou Nossa Senhora das Vitórias. Victoria, a deusa, foi imortalizada em diversas esculturas, colocadas sobre vários Arcos do Triunfo, como os de Londres e Berlim.

Ano Novo na Suméria, celebrando Bau, a Grande Mãe, criadora da vida, guardiã da saúde e da cura. Era considerada a padroeira e principal divindade da cidade de Lagash, onde seu festival inicia os festejos do Ano Novo. Originariamente realizado na Babilônia, o culto a Bau fundiu-se ao da deusa Gula, sendo mais tarde assimilado pelo culto à deusa Ishtar.

Celebração de Cathubodua, antiga deusa celta da guerra, venerada, principalmente, na Gália. Com esse nome também era designado o corvo guerreiro, simbolo das deusas da guerra e da morte. Como um aspecto da deusa irlandesa da terra, Banba, ela tinha um nome similar - Cathubodia - simbolizando a atuação da deusa como Senhora da Morte.

Kermese, antigo festival teutônico preservado hoje em dia como uma festa com musica, danças, cantos, jogos e competições. Eram premiados aqueles que mais depressa desenterrassem um simbolo sagrado, simbolizando, provavelmente, o ressurgimento das antigas tradições ocultas na terra.

Festival Galungau, em Bali, reverenciando os espíritos ancestrais.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário