11 de out de 2016

11 DE OUTUBRO - Celebração do Dia

Demeter in Ancient Feminine Wisdom
by Kay Stevenson&Brian Clark
Inicio de Thesmophoria, o festival grego de três dias reservado apenas às mulheres. 

Sua origem é muito antiga, oriunda dos cultos neolíticos de celebração da colheita dos cereais e de oferendas de leitões, perpetuadas no culto a Ísis e, posteriormente, no culto a Deméter


Durante esse festival que celebrava Deméter Thesmophorus, a guardiã da lei, as mulheres se reuniam e praticavam vários rituais relacionados à fertilidade das plantações, animais e pessoas.



Neste primeiro dia, havia o ritual de "Kathodos e Anados", a cerimonia do "ir abaixo e voltar para cima". As mulheres escolhidas eram sacerdotisas que tinham passado por varias purificações, inclusive por abstinência sexual e evitado contato com objetos de ferro nos últimos três dias. Vestidas com túnicas vermelhas, elas desciam para o altar de Deméter, localizado em uma gruta profunda. Levavam consigo leitões consagrados à Deusa, que eram deixados nas fendas da gruta. Era um ritual perigoso, pois nessas fendas existiam serpentes que se alimentavam das oferendas. As sacerdotisas utilizavam chocalhos e encantamentos para mantê-las afastadas, enquanto recolhiam os restos das oferendas do ano anterior para levá-los de volta à superfície.

Celebração de Damkina, a senhora da Terra, deusa babilônica protetora das mulheres e das crianças. Ela foi posteriormente associada a outra deusas sumérias da Terra como Ki, Kadi, Ninhursag e Nintu. Seu culto foi levado para Acádia, onde foi chamada Daukina e identificada com Deméter.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário