28 de out de 2016

28 DE OUTUBRO - Celebração do Dia

Isis por Thalia Took
No Egito, inicio de Isia, cerimonias de seis dias que comemoravam a morte e a ressurreição de Osíris. Havia uma encenação da luta entre Osíris e Seth, simbolizando o combate simbólico entre a luz e a escuridão. Osíris era morto e pranteado por Ísis.


Segundo o mito, Osíris - irmão e consorte de Ísis, deus do Rio Nilo e da vegetação - tinha sido morto por sei irmão malvado Seth - deus da escuridão e da morte. Ísis rasgou suas roupas, cortou seu cabelo e começou uma busca desesperada pelo corpo de seu amado esposo. Mesmo após achá-lo, seu sofrimento não terminou, pois Seth despedaçou o corpo de Osíris e escondeu os doze pedaços em vários lugares. 

Ísis conseguiu recuperar o corpo, menos o pênis, que ela substituiu por um de ouro. Com encantamentos e usando ervas, Ísis ressuscitou Osíris e concebeu, por meio de recursos mágicos, o deus solar Horus.

Ritual do Dia:
Reverencie essa antiga trindade e o simbolismo da morte e do renascimento, desapegando-se de algo "morto" em sua vida e renovando, de forma mágica, um projeto ou relacionamento seu.

Celebração de Aida Wedo, a deusa serpente haitiana, guardiã do arco-iris e de Damballah Wedo, o deus serpente, seu companheiro. Segundo a lenda, Aida Wedo é vista deslizando sobre a terra molhada pela chuva, com sua tiara feita de pedras preciosas formando o arco-iris, iludindo os homens com a promessa do tesouro enterrado no final.



*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário