9 de nov de 2016

09 DE NOVEMBRO - Celebração do Dia

Antiga celebração Loy Krathong, na Indonésia, a "Festa das Luzes" para acalmar as deusas da água. Reverenciavam-se Annawan, a deusa do mar, para impedir os furacões; Dara Rambai Geruda, que provocava afogamentos quando irritada; DewiDanu, que fornecia água potável; Inan Oinan, a "Mãe das Aguas"; Inawen, a deusa do oceano, a quem se oferecia arroz e sangue de galinha; Karo Kung, a deusa do rio que podia provocar febres e infecções; Minti Dara Bunsu, que podia ajudar ou afundar os mergulhadores; 
Njai, a senhora dos mares, que governava todos os espíritos da água de seu lindo palácio no fundo do mar e a quem todas as pessoas recorriam em busca de proteção e ajuda e Nyai Loro Kidul, a sereia que atraia os jovens, a quem se ofereciam cocos, cabelos e unhas para apaziguar seu gênio.

Atualmente, as pessoas participam de um ritual para pedir a realização de seus pedidos. Preparam-se pequenos barcos de folhas de bananeiras colocando-se neles velas, flores de lótus e gardênia, moedas e incenso, juntamente com papeis com pedidos escritos. Ao soltar os barquinhos na correnteza dos rios, as pessoas murmuram seus desejos e alegram-se caso as velas permaneçam acesas até os barquinhos sumirem de vista, sinal de que seus pedidos serão atendidos pelas deusas das águas. 

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.
 http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário