11 de nov de 2016

11 DE NOVEMBRO - Celebração do Dia

Vinália, a festa de Dionísio ou Baco, deus greco-romano do vinho, da geração e da vegetação.

Dionísio era venerado e acompanhado pelas Mênades, sacerdotisas que se vestiam com peles de animais, coroadas com folhas de hera e que praticavam rituais reservados apenas às mulheres, com transes extáticos induzidos pela intoxicação com vinho e ervas, além de orgias sexuais. As lendas contam que as Mênades corriam nuas pelos campos, dançando de forma selvagem ao som de flautas e tambores, às vezes caçando e comendo a carne crua dos animais. Elas perseguiam e matavam aqueles que tentavam espionar seus rituais. Há várias teorias tentando explicar essa "loucura sagrada", porém, a origem desse culto é muito antiga, proveniente da Trácia, onde as mulheres reverenciavam as deusas da vida e da morte. Mais tarde, o culto degenerou em manifestações de raiva e violência, até ser substituído pelo culto masculino a Orfeu.
Na Irlanda, celebrava-se o Povo das Fadas, as Lunantishees e a "Senhora Branca", a rainha dos elfos, com a colocação de oferendas nos espinheiros pretos.

Dia dos Heróis, festival nos países nórdicos homenageando os guerreiros celestes e os heróis dos antigos mitos.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.
 http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário