15 de nov de 2016

15 DE NOVEMBRO - Celebração do Dia


Festival Ferônia, dedicado a Ferona, a deusa romana guardiã do calor vital, do fogo criador e do fogo subterrâneo. Sua energia não podia ser contida nas cidades, por isso, seus santuários eram próximos a suas moradas - vulcões e águas termais - onde se faziam grandes celebrações  e oferendas. As pessoas caminhavam descalças sobre brasas incandescestes para curar doenças, assistidas pelas preces de seus sacerdotes. Depois, faziam oferendas de frutas à deusa, colocando-as ao redor das fogueiras, agradecendo pela purificação e pela cura.

Festival Shichi-Go-San, no Japão, pedindo proteção para as crianças de três, cinco e sete anos. As crianças são abençoadas nos templos e recebem doces com o formato dos símbolos de saúde e boa sorte. Se você tiver filhos nessas  idades, leve-os também nesta data para receber a benção em algum templo budista.

Benção das crianças também na Índia, onde são reverenciadas as deusas protetoras e guardiãs das crianças Rohina - uma deusa da cura, representada como uma vaca vermelha - e Surabhi - conhecida como a "Vaca da Plenitude", simbolizando os dons da maternidade e o poder de realizar todos os desejos. Surabhi ou Kamadhenu, surgiu da espuma do oceano e cuidava das mães, das crianças, das famílias e dos animais domésticos.


Em Roma, dia de culto a Rumina, a deusa protetora das mães que amamentavam e das crianças que dormiam. Conhecida como "O seio materno", Rumina era homenageada com oferendas de leite, colocadas próximas às figueiras pelas mães que desejavam ter leite suficiente para amamentar seus filhos.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.
 http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário