14 de dez de 2016

14 DE DEZEMBRO - Celebração do Dia

Festival Soyal dos índios Hopi, celebrando o retorno do Sol e o renascimento. A partir desta data e durante os próximos nove dias, os rapazes passavam por rituais de iniciação, a comunidade orando à Mulher Aranha, à Donzela Falcão e aos Kachinas pedindo saúde e prosperidade para o Ano Novo.

As celebrações eram feitas dentro das "Kivas", as câmaras sagradas subterrâneas reservadas aos rituais e conselhos. Festejava-se a criação e o renascimento, anunciado pela proximidade do solstício, que trazia o aumento dos dias e da luz solar. Apos cânticos e invocações às Direções, ao Grande Espírito, às Divindades e aos ancestrais, faziam-se oferendas de fubá e fumo, purificavam-se as pessoas com fumaça de sálvia e cedro e fumava-se o cachimbo sagrado. Na noite anterior, as pessoas oravam e dançavam ao redor da fogueira ao som do tambor, purificando-se, depois, na "Sweat Lodge", a Sauna Sagrada, preparando, assim, o corpo, a mente e o espírito para um novo ciclo em suas vidas.

Ritual do Dia:
Guie-se por essa antiga sabedoria e faça sua própria purificação e celebração. Defume-se com sálvia, participe de uma Sauna Sagrada, reverencie o Grande Espirito, a Mãe Terra, a Vovó Lua, o Vovô Sol e todas as forças da natureza, oferecendo-lhes orações, canções, fubá e fumo.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur. http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário