22 de mar de 2017

22 de Março - Deusa Bast

Resultado de imagem para deusa bastNo Egito, celebração de Bast, a deusa solar com cabeça de gato, regente da música, dança e alegria.


Embora normalmente associada aos poderes criativos do Sol, Bast também era associada à Lua. Seu aspecto escuro, como Pasht, "A Rasgadora", era ligado à lua nova e representava a retribuição e a vingança contra todos aqueles que matavam seus animais sagrados, os gatos. O templo de Bast, em Bubastis, mantinha gatos especialmente consagrados, embalsamados após sua morte.

Bast era representada com cabeça de gato, carregando uma cesta e um sistro (instrumento musical). Era uma deusa do fogo, da fertilidade, da alegria, do prazer, da dança, dos ritos sexuais, da cura, da intuição e da proteção.


Ritual do Dia:
Para homenageá-la, coloque uma estatueta de gato ou outro felino em seu altar. Invoque-a para saber como desfrutar melhor de sua vida sexual, ter mais prazer e alegria, amar e ser amada e obter sua proteção para si e para seus animais de estimação. Toque um sino e acenda uma vela verde, visualizando na chama os olhos verdes da deusa.



Resultado de imagem para deusa bastMitologia - No Egito, Bast, a Deusa com cabeça de gata, e Sekhmet, a Deusa com cabeça de leoa, representam dois aspectos importantes do Sol: o aspecto doador de vida, agradável, e o aspecto ardente, destruidor. Bast era adorada em Bubastis, onde eram feitas numerosas celebra-ções. Ela regia o prazer, a alegria, a música, a dança, a saúde e a cura, a Lua e, naturalmente, os gatos.

Significado da carta - Bast bate em você com a pata para convidá-la a brincar com ela. Es-tá na hora de você se distrair com alguma coisa interessante, diver-tida e totalmente recreativa. Brincar tem sido uma prioridade menor em sua vida? Você sabe como brincar? O que isso representa para você? Talvez você tenha trabalhado tão arduamente que se esqueceu de fazer uma pausa para a diversão. Bast diz que brincar é um modo de alimentar a totalidade. Está na hora de descobrir maneiras de brincar. Brinque!

Sugestão de ritual: Hora de brincar com Bast

Reserve um horário e um lugar em que você não seja interrompida. Sente-se ou deite-se confortavelmente, com a coluna reta, e feche os olhos. Inspire profundamente e expire devagar. Respire fundo outra vez, inalando grandes porções de contentamento cor-de-rosa. A medida que solta o ar, deixe o contentamento espalhar-se por todo o seu corpo.

Inspire profundamente e, enquanto solta o ar, visualize ou sinta um grande buraco no chão. Respire fundo outra vez e, ao expirar, fique do lado de fora do buraco. Ele é grande o suficiente para você entrar, e quando o fizer, você se verá num túnel subterrâneo. O túnel é bem iluminado, quente e confortável. Desça cada vez mais fundo, para baixo, para baixo, cada vez mais para o fundo, sentindo-se mais e mais relaxada, até ver uma luz no fim do túnel. Esse é o Inferno. Você entra nele e chama Bast. Ela aparece em sua forma de gata ao seu lado e pergunta o que você quer. Você diz que está ali para brin-car com ela. Ela solta um miado excitado e pede para que você suba em suas costas. Você sobe e sai voando com ela. Quando olha para baixo, você vê o oceano e a praia. Bast aterrissa suavemente numa bela praia de areia branca e convida você a construir castelos de areia com ela. Você aceita, e ela se transforma numa companheira de brin-cadeiras adequada para a sua idade. Ela diz que você pode brincar só com ela ou convidar outras pessoas. Faça o que achar melhor. Você pode convidar pessoas conhecidas, desconhecidas, imaginárias, ou brincar só com ela.
Na praia, há uma grande caixa com baldes e pás. Você e Bast decidem qual será a aparência do castelo e em seguida começam a construí-lo. Depois de algum tempo, ambas sentem calor e decidem ir nadar. Você corre para a água, que está muito agradável. Bast joga água em você e você faz o mesmo com ela. Em seguida Bast con-vida você a jogar o jogo da mudança de forma: uma caça a outra enquanto muda de forma. Primeiro vocês duas se transformam em golfinhos e brincam alegremente no mar. Em seguida, transformam-se em gaivotas e brincam no ar. Continue mudando de forma até es-tar pronta para parar, então volte a ser você mesma e saia do mar.

Agora chegou a hora de voltar. Bast se transforma numa gata outra vez, e você sobe em suas costas. Vocês duas sobem até chegar ao Inferno, perto do túnel. Você agradece Bast e entra no túnel.

Agora você está subindo, subindo, subindo-, sentindo-se leve e refrescada. Para cima, para cima, para cima, relaxada e rejuvenesci-da, pronta para o que der e vier; para cima, subindo, até estar de volta ao buraco no chão. Você sai do buraco e respira fundo. Expirando devagar, você retorna ao corpo. Respire profundamente outra vez e abra os olhos. Seja bem-vinda!

*data extraída da Mandala Lunar 2017Ieve Holthausen, Naíla Andrade e Vic Campello 
*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur & "O Oráculo da Deusa" de Amy Sophia Marashimsky. *imagem da internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário