6 de abr de 2017

06 de Abril - Deusa Tara

Mitologia - Tara, que surgiu na índia e cujo nome significa "estrela", é uma das principais Deusas do panteão tibetano. É conhecida por ajudar aque-les que chamam por ela em tempos tumultuados e de necessidade, para seguir por um caminho mais claro, para encontrar o silêncio e a força interiores. Ela também é a Deusa do autocontrole e do misti-cismo. Da primeira lágrima de compaixão formou-se um lago. No meio desse lago surgiu um lótus. Quando ele floresceu, Tara emer-giu. Embora lhe fosse oferecido reencarnar em forma masculina, ela jurou sempre reencamar como mulher.


Significado da carta - Tara está aqui para lembrá-la de concentrar-se. É hora de alimentar a totalidade interiorizando-se e fortalecendo o seu centro por meio da concentração da percepção. Deixe o torvelinho da vida prosse-guir sem você. E difícil ouvir a própria vo: em meio ao frenesi da vi-da. Vá para o silêncio, para a tranquilidade. Quando voltar, você estará mais forte, e será mais capaz de dançar com o que a vida lhe oferece.


Sugestão de ritual: Encontre Tara por meio da respiração

Reserve um horário e um lugar em que você não seja interrompida. Sente-se ou deite -se confortavelmente, com a coluna reta, e feche os olhos. Respire fundo e desapegue-se de tudo. Sacuda o corpo. Concentre a sua atenção no útero. Como ele lhe parece? Você está ovulando ou sangrando? Está na fase pré-menstrual? Na pós-meno-pausa? Observe a sensação em seu útero. Agora respire profunda-mente para o útero, o seu centro. Retenha a respiração ali. Con-centre-se nessa sensação. Como é? Quando estiver pronta, solte o
ar a partir do útero. Sinta-o saindo através da vagina, passando pe-ios lábios vaginais.

Agora você está pronta para começar uma série de respira-pren-de-solta, tudo a partir do útero, o centro do seu ser. Feche os olhos. Respire para o útero contando até seis. Sinta-se consciente, atenta e viva. Retenha o ar no útero contando até seis enquanto sente as ocu-pações da vida afastando-se do seu centro calmo, concentrado. Em seguida, solte o ar a partir do útero contando até seis, desapegando-se de tudo o que não tem mais utilidade para você. Faça isso duran-te no mínimo cinco minutos. Se quiser, pode aumentar o tempo. Quando achar que contar até seis está fácil demais, aumente para oito e assim por diante.

Visualize plenamente a sensação de estar centrada e concentra-da antes de retomar a dança da vida. Saiba que você está sempre a apenas uma respiração de distância da centralização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário