12 de abr de 2017

VÍDEO: Meditação Ritual do Útero - Helena Pereira

Esta meditação foi feita de improviso aquando da transmissão do Ritual do Útero - o 13.º Rito do Munay-ki, na gruta da Lagoa das Sete Cidades, na ilha de S.Miguel. O som é o original, sem edição.

Todos os direitos reservados
© Munay-ki Portugal | 2016

Helena Pereira

"O útero não é um lugar para guardar medo ou dor. O útero é para criar e dar luz à vida."

Purificação | Re-Conexão | Resgate | Cura

Irmã, Bem-Vinda ao Ritual do Útero!

Esta Cerimónia permite a Re-Conexão Feminina ao Útero e à Sua Cura. É uma dádiva para o teu Ser e para os outros, pois encerra em si um poderoso poder de purificação para ti e para a Mãe Terra.
Através do Ritual do Útero, libertamo-nos do “Medo e da Dor” que guardamos no nosso Útero Físico e Psíquico e curamos a linhagem ancestral feminina.
O Ritual do Útero é uma bênção dirigida a todas as mulheres, de todas as idades com ciclo menstrual ou não. Promove a natureza feminina, sarando o útero através de uma canalização energética, que possibilita o desenvolvimento da criatividade, do amor, da força, da beleza e da liberdade. Cura e recupera a energia para “Criar e dar Luz à Vida”.

Marcela Lobos, membro da Four Winds Society, recebeu o Ritual do Útero em Março de 2014, pelas mãos de um grupo de mulheres sábias da Amazónia, membros de uma linhagem ancestral de Mulheres Livres. Após doze anos, em contacto com os ensinamentos desta linhagem, foi-lhe comunicado que o seu útero estava preparado para receber o Ritual do Útero e que este deveria ser transmitido ao maior número de mulheres para que a cura do feminino se desse e consequentemente a cura da Mãe Terra. Foi, assim, inserido no conjunto de rituais do Munay-ki, por ser uma transmissão energética de cura, assumindo o 13º lugar por estar conectado às 13 luas.


Em Outubro de 2014, no Omega Institute, Marcela Lobos, transmitiu-o a 200 mulheres e desde então, o rito é transmitido de mulher para mulher, de útero para útero, por todo o mundo.


O Rito é transmitido numa bela e simples cerimônia, através da imposição das mãos, por uma Womb Keeper (Guardiã do Útero). Todas as mulheres que receberem este rito tornar-se-ão Womb Keepers e poderão passar o Ritual a outras mulheres e registarem-se no site oficial (theriteofthewomb.com). 

A mulher, como Filha da Grande Mãe que tudo gera, carrega no seu corpo a manifestação da própria Deusa - a sacralidade ancestral. Nos dias de hoje urge fazer o resgate dessa ancestralidade. É tempo de resgatar a força selvagem que habita no nosso corpo-templo, para assim fazermos aflorar, na nossa pele, o nosso verdadeiro Poder.


Vamos criar um ponto de luz de cura. Vamos reconhecer a sacralidade do nosso corpo e venerar o que a Natureza nos dá. Vamos desenvolver a consciência de que somos criadoras da nossa própria realidade. Vamos ativar conscientemente a essência da nossa alma feminina!


Vamos celebrar a Deusa que somos criando e dando luz à Vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário